domingo, janeiro 06, 2008

Uma conversa chata

A incoerência passou a ser um atributo fundamental do actual homem moderno. Tanto lhe amortece-lhe a queda, como lhe promove a ascenção! Definitivamente, o "não sei quê, e tal... e coiso...", está na berra. A malta reve-se nisso. E, numa análise assim assim, encontramos fundamento!... É que, os problemas fundamentais da nossa civilização, estão mais que identificados e são de resolução inadiável. Não há volta a dar nem mais de que falar!
Todos e cada um dos individuos da sociedade ocidental ( mesmo, os do "não sei quê e tal... e coiso..."), estão conscientes da insustentabilidade da "cena" e, estão carecas de saber que isto já lá não vai com palavras e boas intenções. 5/6 da humanidade não se alimentam com essa cena... e estão-se bem cagando para que a culpa seja do Socrates ou do Bush...

3 comentários:

herético disse...

excelente uivo...

abraços

Maria José disse...

Facilitismo.
O dito por não dito.
As meias palavras com sentidos vastos e, no fundo, inexistentes.

Somente.
Talvez.

uivomania disse...

Maria José
Olho clínico.
Julgamento sumário. Sintético.
Facilitismo!? Absolutamente.
Estreiteza de vistas?!
Talvez.