sexta-feira, março 13, 2009

Quando a Terra era plana e, fora da cúpula que a protegia trabalhavam noite e dia, misteriosas engrenagens... quando - escassa que era a luz -, das trevas surgiam vampiros, almas penadas, lobisomens e mulas sem cabeças... quando Deus castigava quem ousava duvidar das verdades ditadas por quem comungava e só acedia a levantar castigos, em troca de sangue e lágrimas... sempre houve quem transcendesse! ...Quem sentisse o Universo a vibrar em si e aceitasse a vida em sintonia com o todo que desperta e se recreia creando, avançando majestoso, sem pressa ou urgência.
Talvez, o primeiro sussurro dessa presença, se tenha manifestado em alguém que, curioso, contemplava o firmamento e que, na ausência de ruido se tenha sentido envolvido, inundado, por uma reconfortante serenidade. Talvez, tenha sido nesse momento que o homem, para além de ver, tenha aprendido a reparar... e que, de alguma forma tenha estabelecido relação entre o medo e a falta de conhecimento...
Humilde, satisfeito, sentido crescer o entusiasmo de dar rédea solta à vida, deve ter posto os pés ao caminho. Não para chegar a algum lugar! ...Para caminhar, simplesmente.

11 comentários:

Beach Hobo disse...

Lindo!
Caminhar sempre para a frente, apreendendo e aprendendo e crescendo uma nica aqui outra ali...
sem preocupacöes...hä quem o faca, e ainda bem! Infelizmente ainda näo e täo comum assim!

Gira a maneira como escreves!

cheers

Graza disse...

Ítaca!

uivomania disse...

Graza: Justamente!
Entre o caos e a harmonia perseguir a sintonia. Agora.

uivomania disse...

Beach Hobo:
As preocupações, assaltam-nos. Uma vez após outra! E nós, cada um à sua maneira, vamos seguindo, creando uma solução após outra, de modo a que tudo venha a encaixar precisamente no seu lugar e, possamos começar tudo de novo no sentido inverso. ...Respirar... vá!...

Beach Hobo disse...

sim..dizes bem, cada um à sua maneira. Cada um faz o melhor que pode, sem dúvida.
E continuar..e cair e levantar de novo, magoar e curar e recomeçar não necessáriamente no sentido inverso...podemos bem e devemos quando assim o acharmos remover o obstáculo do nosso caminho e seguir em frente. As preocupações sempre existirão mas que não sejam desmesuradas a ponto de nos bloquearem! Isso nunca.

Respirar e muito, claro.

It's all in our head..impossible is nothing! (at least the way I see it)

uivomania disse...

Graza:
Ítaca sempre! Sem ela, nunca teriamos partido.

uivomania disse...

Hobo:
...Sim, uma estrela!...
...Mantendo agora o tema:
Cair e levantar de novo; aproveitar o impacto da queda para subir!
Recomeçar... bem pode ser no sentido inverso; inspirar/expirar... manter à tona a vida!
Cada um faz o melhor que pode... mas cada um pode vir a fazer melhor. È isso que cada um espera de todos os outros e, a maioria permite-se adiar! ...Nada de grave entretanto. A vida, acima de tudo é vanidade e, façamos ou não o que quer que seja -a minha opinião-, tudo está no seu lugar.

Beach Hobo disse...

Concerteza, recomeçar também pode ser no sentido inverso! Podemos melhorar imenso, só que por vezes estamos distraídos, stressados, não paramos para pensar, para analisar, daí faltar-nos o "awareness". Além disso todos nós temos as nossas limitações... e é bom irmos esticando os limites. Ir esticando um bocadinho hoje outro amanhã, esse é o nosso "challenge" e sabe bem..sentir que, afinal..wow.. fomos mais além do que antes sonháramos.
Está tudo no seu lugar?
Presentemente há muita negatividade, que é um obstáculo, pois bloqueia o avanço, em todos os sentidos!

uivomania disse...

Talvez, essa negatividade, ou, as suas consequências, representem a forma de tomarmos consciência da necessidade de mudarmos individualmente enquanto condição fundamental para mudar o Mundo que, dizemos, está mal.

yulunga disse...

Chega-se sempre a algum lugar, a alguém, a alguma conclusão.

P.S. Foi o excesso de tempo que me afastou. Demasiado tempo livre nem sempre se gere bem.

uivomania disse...

Yulunga:
Isto dos excessos, é no que dá!
Quanto a chegar ou não a algum lugar... o que eu gosto mesmo... é de caminhar.